4 de jul de 2012

Sistema de Identidade Visual da UFSC: de uma proposta simples às grandes conquistas para a Universidade.


Depoimento pessoal do fundador do SIV/UFSC
—–
Início dos trabalhos na UFSC
De 2001 a 2005 iniciei meus trabalhos na Universidade na então Pró-Reitoria de Cultura e Extensão (PRCE) localizada no prédio da Editora da UFSC. Lá trabalhava em projetos gráficos de sites, campanhas específicas dos departamentos desta pró-reitoria, além da organização da ainda iniciante Semana de Ensino Pesquisa e Extensão da UFSC (SEPEX). Na PRCE fiz muitos amigos, que me serviram como ótimo modelo profissional e de vida, com os quais mantenho contato até hoje. Cito alguns: Fernando Wolff, Rossana Proença, Joi Cletison Alves, Golias Silva, Denise Guerreiro, Eunice Nodari, Rosemar da Silva, Sandra Regina Velasques Pereira, Francisco do Vale Pereira, João Carlos Souza, Maristela Helena Zimmer Bortolini, Marilene, Tânia Biasi, Clovis Werner, Michele Millis, Irac Orsi, Gelci José Coelho (Peninha) Marco Valente, Hermes Graipel, Zeca Pires, Alcides Buss, Paulo da Silva e tantos outros amigos que contribuíram muito para minha formação e experiência profissional.

Ideia da criação do projeto
Em 2003, ainda desenvolvendo trabalhos na PRCE, tive o contato com o então vice-reitor Lúcio José Botelho para a proposta de construção de um relógio de Sol que homenagearia os 256 anos de imigração açoriana em Santa Catarina. A iniciativa do monumento foi organizada pelo Núcleo de Estudos Açorianos (NEA) e seu diretor, Joi Cletison Alves. Em 2004 o relógio-de-Sol foi inaugurado na Praça da Cidadania, em frente a Reitoria da UFSC. Dos contatos feitos com a Administração Central da UFSC sob o comendo do Reitor Rodolfo Pinto da Luz, surgiu a ideia de apresentar a proposta da criação de um sistema de identidade visual para a universidade, pois até então não havia nenhum setor, divisão ou profissional trabalhando somente para cuidar da padronização da “marca UFSC”, campanhas e materiais institucionais. Durante toda a história da Universidade, algumas iniciativas fizeram estudos e trabalhos específicos no tocante ao tema, mas nenhuma com os moldes de um sistema de identidade visual global, sobretudo para a padronização da aplicação da marca da universidade nas diversas mídias, sobretudo nas recentes mídias eletrônicas.
Com um projeto de no máximo quatro páginas, demonstrando as deficiências detectadas até o momento e as potencialidades que um sistema de identidade visual traria para a Universidade, em 2003 procurei novamente Lúcio Botelho para apresentar minha proposta, que foi repassada em uma conversa rápida de 15 minutos.  Envolto a inúmeros trabalhos na PRCE/UFSC e considerando que a proposta ao vice-reitor certamente havia passado despercebida, passaram-se vários meses, até que no início de maio de 2005 o já empossado Reitor Lúcio Botelho, seu Vice-Reitor Ariovaldo Bolzan e seu Chefe de Gabinete Professor Aureo Moraes, me contataram com a ótima notícia que gostariam de implementar o projeto apresentado dois anos antes.

Implantação do Sistema de Identidade Visual da UFSC
Foi na gestão da diretora Alita Diana a frente da Agência de Comunicação (Agecom) que iniciamos o projeto, contando com um espaço de no máximo 9m² para o trabalho de quatro pessoas entre eu e mais três estagiários do Curso de Design: Ariellen Thaise Marques de Siqueira, Jordana Minatto Damiani e Guilherme Dias Simões, que fizeram parte da primeira equipe do Sistema de Identidade Visual da UFSC. Sempre, desde o começo dos trabalhos em 2005, tivemos o apoio dos colegas da Agecom, Alita Diana C. Küchler, Arley Reis, Artêmio Reinaldo de Souza, Cláudia Schaun Reis, Laura Tuyama, Margareth Vianna Rossi Claussen, Paulo Clóvis Schmitz, Paulo Fernando Liedtke, Beatriz Silva Prado, João Pedro Tavares Filho, Rogéria D’el Rei S.S. Martins, Romilda de Assis, Carla Isa Costa, Ledair Teresinha Petry, Aldy Vergés Maingué, Jorge Luiz Wagner Behr e Jones J. Bastos. A partir de 2008 a direção da agência passou a ser comandada por Moacir Loth, sendo que neste período obtivemos muitos avanços, que também culminaram em especial apoio para os trabalhos na área da identidade visual.
Em 2005 iniciamos com o maior de todos os problemas: a demanda reprimida por um setor que cuidasse deste assunto dentro da Universidade. Não obstante a este desafio, éramos procurados por inúmeros setores para trabalhos pontuais e específicos que nada tinham a ver com a missão inicial do projeto, que deveria trabalhar apenas com campanhas e eventos institucionais além da identidade visual da universidade. Aos poucos a busca pelo foco na missão do projeto nos fez repassar estes trabalhos de fora da Administração Central para outros setores a fim de que pudéssemos nos comprometer somente nos materiais institucionais.

Campanha UFSC 45 Anos
Com o início das atividades exatamente no ano das comemorações dos 45 anos da UFSC, partimos para a primeira campanha a ser realizada por nossa equipe, que em poucas semanas preparou uma série de materiais para as comemorações de aniversário da instituição. Entre poucos erros naturais do ofício de quem põe a mão na massa e inúmeros outros acertos, nossa equipe preparou e divulgou juntamente com os colegas da Agecom a Campanha UFSC 45 anos. Foram produzidos banners, sites, exposição fotográfica com resgate histórico com imagens da Universidade, uma Revista Comemorativa com 62 páginas, além de calendário, agenda e um vídeo institucional mostrando a força da instituição no cenário estadual e nacional.
Dentro dos projetos gráficos de maior destaque, foi criado a pedido do Gabinete do Reitor um selo comemorativo dos 45 Anos da UFSC. O briefing previa a criação de uma marca que pudesse em médio prazo substituir o Brasão da UFSC, este criado no ano de 1976 pelo Professor Oswaldo Rodrigues Cabral. O requisito do projeto foi ressaltado pela dificuldade de utilização do Brasão da UFSC que possui mais de cinco cores e inúmeros elementos que fatalmente encareciam e dificultam a uso desta marca em diversos meios. Criamos o selo comemorativo, utilizamos a marca em todas as mídias da campanha comemorativa e divulgamos a possibilidade de utilização desta marca para uso irrestrito em todas as mídias futuras da Universidade. Digamos que o retorno da comunidade universitária e principalmente de lideranças não foi muito receptivo quanto à substituição do brasão pela nova marca mais simples e contemporânea. O retorno negativo da solução apresentada mudou os rumos planejados e deixou claro que o Brasão da UFSC é a marca mais representativa da instituição por ser mais aceito pela memória afetiva de professores, estudantes e servidores técnico-administrativos em educação. A experiência quanto a tentativa de substituição de uma marca mais antiga em uma instituição com uma história tão diversa e que envolve um público tão variado mostra que nunca se deve propor algo tão novo sem envolver um amplo projeto de pesquisa com o público. Com relação a campanha geral dos 45 Anos da UFSC, foi um sucesso, pois Universidade não comemorava seu aniversário com uma divulgação em tantas mídias.

Trabalhos contínuos dos setores da antiga PRCE
Mesmo com toda esta demanda aberta pelo projeto para toda a UFSC, nossa equipe não deixou de absorver as atividades que antes eram realizadas apenas por mim na antiga PRCE, com produções para o Departamento Artístico Cultural (DAC), Editora da UFSC (EDUFSC), Projeto Fortalezas da Ilha de Santa Catarina, Núcleo de Estudos Açorianos (NEA), Museu Universitário (MU), Núcleo de Estudos Museológicos (NEMU) e do Núcleo de Estudos da Terceira Idade (NETI. Estas produções iam desde a criação, manutenção e atualização dos sites destes departamentos, até a criação de cartazes, convites, folderes, banners, relatórios, exposições e inúmeras outras peças gráficas para as atividades destes setores.  Entre inúmeras demandas dos departamentos da antiga PRCE, destacam-se os trabalhos com os preparativos da Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina (AÇOR), onde trabalhamos com a arquitetura do evento, preparo de arquivos para a imprensa, sinalização do evento e todas as peças gráficas de divulgação. Desde 2001 foram nove edições em que nossa equipe trabalhou. Alguns dos estagiários do curso de Design que tiveram importante participação na realização destes projetos são: Marlon Felipe Hemkemaier, Rafael Schmidt Alves, Silvia Cardoso Pereira e Fábio Luiz Raulino.

SEPEX 10 anos de trabalhos para o evento
Durante alguns meses do ano, outra demanda “herdada” das atividades iniciadas na PRCE foi o auxílio na organização da Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC (SEPEX), evento do qual tenho orgulho de ter participado desde sua criação. Em 2008 a organização do evento passou da antiga PRCE para a recém-criada Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão (PRPE). Trabalhamos desde a assessoria na criação e gerenciamento do site e sistemas de inscrições do evento com o NPD (atual SETIC), com mais de 7 mil inscrições entre estandes, trabalhos e minicursos. Trabalhamos também no projeto da arquitetura do pavilhão do evento com estandes e painéis, além da criação das campanhas de divulgação e sinalização do evento em diversas mídias: busdoors, outdoors, cartazes, banners, folderes, panfletos, site, VT para TV e Internet, spots para rádio etc. Da primeira à décima edição da SEPEX percebemos que tivemos muito sucesso com os trabalhos deste evento que se tornou o maior evento de divulgação científica de Santa Catarina. Em 2010, aproveitando as comemorações dos dez anos do evento, lançamos a nova identidade visual da SEPEX, com visual mais contemporâneo e limpo. Vários estagiários auxiliaram nos trabalhos do evento, entre eles Clarissa Oliveira do Nascimento, Renan Moraes, Maraysa Alves e Katiuscia Furstenau. Em 2010, as estagiárias Raisa Harumi Kawasaki e Fernanda Moretti auxiliaram nossa equipe a criar a nova identidade visual da do evento.

58ª Reunião da SBPC na UFSC
Em 2006 absorvemos uma demanda repassada pelo Gabinete do Reitor que tomou nosso planejamento durante muitos meses: a organização da 58ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Entre a criação e implementação dos materiais de divulgação da 58ª SBPC, aproveitamos a experiência da arquitetura da SEPEX, pois naquele ano o evento da UFSC não foi realizado por conta da realização da SBPC, que traria mais de 15 mil participantes para o campus da UFSC no bairro Trindade. Na elaboração da arquitetura do evento, auxiliamos também os profissionais da Agecom na Sala de Imprensa, que recebeu jornalistas de todo o país. Trabalhamos também na criação, manutenção e atualização do site do evento, que contou com o auxílio do estagiário Yuri Matelli Calazans Luz, do Curso de Sistemas de Informação.
A maior contribuição que a realização da 58ª Reunião Anual da SNPC deu para a realização de nossos trabalhos frente à identidade visual da universidade foi o aporte financeiro oriundo do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) para a preparação da reunião da SBPC, onde pudemos criar e implantar o novo sistema de sinalização do campus com a construção dos três portais de acesso e os cinquenta totens de concreto para sinalização direcional, estes espalhados pelo Campus João David Ferreira Lima. Passado o evento, que foi um sucesso, pudemos construir o que é hoje o padrão de elementos de sinalização da universidade, formado por placas de identificação, elementos de sinalização direcional e elementos de sinalização interna. Os estudos iniciais de percepção dos fluxos de movimentação de pedestres e veículos no campus receberam o importante auxílio da estagiária Fernanda Luize Foppa, do curso de Arquitetura e Urbanismo. Além disso, o estagiários Jean Henrique de Oiveira Menezes, Tiago Moritz Andrade, Rafael Schmidt Alves e Silvia Cardoso Pereira também tiveram importante participação na elaboração do Manual de Sinalização da UFSC.

Grife da UFSC
Um dos projetos que mais me orgulho de ter criado na Agecom foi a criação da Grife da UFSC, que também ajudou na padronização, aplicação e comercialização de produtos com a imagem da universidade para brindes, peças de vestuário, papelaria e acessórios. A iniciativa surgiu com o grande incentivo do então Reitor Lúcio Botelho, do diretor do Departamento de Propriedade Intelectual (DIP), Luiz Otávio Pimentel, do diretor do Departamento de Cultura e Eventos (DCEven), Luiz Roberto Barbosa, e dos membros da Cooperativa Social de Pais, Amigos e Portadores de Deficiência (COEPAD). Fica a cargo da COEPAD produzir e comercializar os produtos da Grife UFSC para os membros da comunidade universitária, visitantes da universidade e egressos.  O projeto teve a importante colaboração do estagiário Ruan Dorneles do Curso de Design, que se dedicou de forma ímpar ao projeto que contou com divulgação na imprensa externa e ampla aceitação da comunidade universitária, que carecia de um projeto deste porte há muitos anos. Hoje podemos dizer que a Grife UFSC é um projeto que pode e deve melhorar muito, mas já é um sucesso em todos os aspectos, sobretudo com ênfase na penetração da imagem da marca da UFSC em nas comunidades, cidades do interior, outros estados e países, de forma espontânea e gratuita para a Universidade.

Manual de Identidade Visual da UFSC
Em 2007, após se passarem dois anos da criação do projeto e realização das primeiras iniciativas, finalmente conseguimos nos dedicar a criação e divulgação de nossa publicação mais importante – o Manual de Identidade Visual da UFSC – que rege a aplicação do Brasão da UFSC em todas as mídias. De longe esta é a publicação mais importante para as atividades do projeto, pois possibilita que parceiros, fornecedores e membros da comunidade universitária possam recorrer a uma publicação que detalhada e padroniza o uso e aplicações da marca da universidade. De forma a disseminar o uso correto da identidade UFSC, disponibilizamos no site www.identidade.ufsc.br cada uma das versões do Brasão da UFSC, o que minimizou a aplicação de versões antigas e equivocadas da marca da instituição, tão comum nos anos anteriores à criação do projeto. Lançado em março de 2007, o manual é referência para a Identidade Visual da UFSC e também serviu e serve de referência para vários projetos similares em outras instituições de ensino superior brasileiras, que entram em contato conosco para a criação de projetos semelhantes em vários estados brasileiros. O manual de Identidade Visual contou com a importantíssima colaboração dos estagiários do Curso de Design João Henrique Moldenhauer e Silvia Cardoso Pereira.

Manual de Sinalização da UFSC
Só em 2009 conseguimos lançar o Manual de Sinalização, anexo do Manual de Identidade Visual, que padronizou o uso da comunicação visual para toda a universidade. Somente em 2011 conseguimos junto à Administração Central preparar uma licitação específica para a contratação de uma única empresa para finalização dos elementos de sinalização para os quatro campida universidade. Dedicamos mais de um ano na preparação desta Ata de Registro de Preços e trabalhamos na assessoria aos setores da instituição a todo o momento. Destaco o importante auxílio dos estagiários do Curso de Design Jean Menezes e Tiago Moritz Andrade. Além disso, é importante citar que a criação do manual de sinalização só foi possível pelo projeto piloto que implantamos junto ao Centro Tecnológico (CTC) para a sinalização externa do centro. Com base nas experiências com este projeto formulamos os itens do manual para toda a UFSC. Ressalto também a importante participação do estagiário do Curso de Design Paulo Souza.

Calendários de mesa da UFSC
Dentre os materiais desenvolvidos por nossa equipe que tem mais penetração na comunidade universitária, destaca-se o calendário anual da Universidade, onde desde 2005 pudemos trabalhar com temas específicos de interesse geral e qualidade de imagens e publicar de forma objetiva e funcional o calendário acadêmico da instituição, que pode ser acessado rapidamente por todos que possuem o calendário em sua mesa. Em 2005 trabalhamos com as comemorações dos 45 anos da UFSC, mostrando belas imagens de doze atividades da Universidade. Em 2006 e 2007, trabalhamos com o mesmo tipo de apresentação, com outras doze imagens de outras atividades. Em 2008 trabalhamos com as imagens de doze obras da 23ª Exposição de Arte dos Funcionários da UFSC, organizada pela Galeria da UFSC e Departamento Artístico Cultural (DAC). Em 2009, utilizamos imagens captadas por pesquisadores da Universidade no recém-criado Laboratório Central de Microscopia Eletrônica (LCME), onde foram apresentadas imagens microscópicas muito interessantes e curiosas. Em 2010, dentro das comemorações dos 50 Anos da UFSC, trabalhamos com imagens históricas da Universidade, fazendo um rápido apanhado histórico. Em 2011 trabalhamos com imagens utilizadas em vários projetos de cunho social que também foram apresentadas no Relatório Social da UFSC, produzido também por nossa equipe. Em 2012, trabalhamos com imagens das árvores nativas mais importantes do Campus Florianópolis. Trabalharam nos calendários da Universidade os estagiários Silvia Cardoso Pereira, Katiuscia Furstenau, Renan Moraes. Maraysa Alves, Maiara Ornellas Ariño, Andrezza P. Nascimento, Ruan Dorneles, Tiago Moritz Andrade, Karina Silveira, Maitê Nolasco Telles Reis, Mariana Dória e Raisa Harumi Kawasaki.

Guias acadêmicos da UFSC (agendas)
Produzimos também desde 2005 o Guia Acadêmico, chamado popularmente de Agenda da UFSC, originalmente pensado para distribuição aos calouros da graduação, mas que nos últimos anos foi distribuído a professores e servidores técnico-administrativos em educação. Neste guia consta principalmente a agenda para organização pessoal mas também são apresentados breves textos sobre os principais setores e assuntos relacionados com a vida acadêmica, sobretudo em relação ao calendário da instituição, que sempre foi incluído nesta publicação. Em algumas edições, tais como 2005 e 2010 o material foi aproveitado para divulgar a campanha de aniversário da instituição. Trabalharam nos guias acadêmicos os estagiários Jordana Minatto Damiani, Katiuscia Furstenau, Renan Moraes, Maraysa Alves, Alessandra Marcião, Jean Menezes, Andrezza P. Nascimento e Maiara Ornellas Ariño.

Campanhas do Vestibular
Desde a criação do projeto em 2005 nossa equipe tem trabalhado em parceria com o Gabinete do Reitor e Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) nas campanhas institucionais do Vestibular da UFSC. Em cada ano é proposto um novo tema a fim de diferenciar as edições da seleção de estudantes que ingressam na graduação. Em todos os anos trabalhamos com a criação de cartazes, folderes, panfletos, capa de prova, site e no planejamento do SPOT de rádio e VT de TV, que a partir de 2009 passaram a ser finalizados por produtoras privadas a partir da orientação dos profissionais da Agecom.
Para o Vestibular UFSC 2006 iniciamos com o tema do aniversário de 45 anos da Universidade. No Vestibular 2007 propomos o uso de depoimentos de personalidades de sucesso egressos da UFSC, tais como a jornalista Sônia Bridi da Rede Globo e o empresário Ernesto Heinzelmann presidente da Embraco. No Vestibular 2008 propusemos o uso da imagem de três gerações de pessoas da mesma família formadas na UFSC mostrando a importância da Universidade na vida das famílias catarinenses.  No Vestibular 2009 usamos a imagem do Cubo de Rubik (Cubo Mágico) com fotografias de vários cursos importantes para ilustrar a variedade de habilitações oferecidas na graduação da Universidade. Em 2010 utilizamos imagens das cidades que receberam os três novos campi para mostrar a penetração da Universidade no contexto catarinense. No Vestibular 2011 aproveitamos o Selo de 50 Anos da UFSC como parte da campanha de comemoração do cinquentenário da instituição eu teve uma ampla divulgação em várias mídias. Em 2012 trabalhamos com a imagem de quatro das 84 habilitações oferecidas pela UFSC na graduação para ilustrar os cursos inovadores da Universidade utilizando o slogan “Inovação e qualidade a alcance de todos”. Em todas as campanhas que trabalhamos temos certeza de que obtivemos muito sucesso, garantido com a ajuda de vários estagiários do Curso de Design que trabalharam em nossa equipe, tais como Ariellen Thaise Marques de Siqueira, Jordana Minatto Damiani e Guilherme Dias Simões, Renan Moraes, Maraysa Alves, Maiara Ornellas Ariño, Andrezza P. do Nascimento, Rafael Schmidt Alves, Raisa Harumi Kawasaki, Fernanda Moretti, Maiara Ornellas Ariño e Andrezza P. Nascimento.

Identidade Visual da UFFS
Diante de vários trabalhos em desenvolvimento na Agência de Comunicação da UFSC, em 2007 acompanhei as notícias da criação da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), que teve como universidade tutora a UFSC. Sabendo da criação desta nova universidade e sendo a UFSC sua tutora, expus ao nosso diretor Moacir Loth que poderíamos ajudá-los na criação de uma identidade visual para a nova universidade, sobretudo para que desde o início das atividades a UFFS não precisassem passar pelos erros que presenciamos na gestão da marca da UFSC. Entramos em contato com o responsável pela criação da UFFS, Professor Dilvo Ristof, que ficou muito contente com a iniciativa da Agecom e se colocou à disposição para que iniciássemos os trabalhos. Com o auxílio ímpar do estagiário do Curso de Design Gráfico Tiago Moritz Andrade, que utilizou o projeto para seu trabalho de conclusão de curso na graduação, produzimos a marca da nova instituição, bem como seu manual de identidade visual e inúmeros outros elementos de comunicação visual para a Federal da Fronteira Sul. Alguns meses depois o professor Dilvo foi empossado como Reitor e deu início as atividades da nova universidade com a identidade criada por nossa equipe. Foi uma grande satisfação e também um grande desafio poder auxiliar uma nova universidade com os conhecimentos que adquirimos com a identidade visual da UFSC.

Mapa da UFSC (Campus Florianópólis)
Desde o início do projeto SIV/UFSC encontramos a necessidade de criar um novo mapa da UFSC para uso em diversas mídias, seja para uso em folderes, revistas, panfletos e principalmente um mapa para distribuição geral em eventos. O mapa utilizado até então era monocromático, muito simples e com pouca visibilidade para os centros e setores da Universidade, estando também muito desatualizado. Tratamos de produzir um novo mapa sendo que a primeira versão feita por nossa equipe era meramente ilustrativa, com uma tentativa de humanização de um material original tão cheio de elementos. O mapa trazia até mesmo elementos de cartunismo com personagens de cliclistas, pássaros, veículos e praticamente uma caricatura dos prédios espalhado pelo campus. Com este mapa fizemos a primeira versão do mapa da UFSC em formato de bolso, com a proposta de distribuição em eventos, recepção aos calouros e também aos visitantes da Universidade. Desde a primeira versão, o mapa do campus trazia no verso um recorte do mapa do litoral de Santa Catarina com a localização do município de Florianópolis, um mapa da Ilha de Santa Catarina com a localização dos principais pontos de importantes bem como os pontos turísticos e uma ampliação do mapa do Centro de Florianópolis abrangendo também a área do Campus Reitor João David Ferreira Lima no Bairro Trindade.
Utilizando este mapa em vários materiais, percebemos que precisávamos refazê-lo e torná-lo mais sério e objetivo, apresentando representações fiéis dos elementos arquitetônicos do Campus. Neste mapa criamos uma legenda completa onde foram apresentadas também as principais siglas da instituição (Pró-Reitorias, Secretarias e Centros) com seus respectivos contatos e sites. O mapa foi muito bem aceito tanto que a cada ano a Universidade imprime em torno de 20 mil cópias de bolso para uso geral.
Depois de coletar inúmeras sugestões de alterações no mapa, sempre tivemos a certeza de que precisávamos torná-lo ainda melhor e mais preciso, respeitando inclusive as principais exigências mundiais de cartografia, afinal o mapa seria utilizado por pessoas provenientes de todos os países do mundo que estivessem visitando a UFSC. Tivemos contato com os estudantes do Curso de Geografia do Centro de Filosofias e Ciências Humanas (CFH) Igor Dias e Mateus Prestes que propuseram um projeto para reformulação do mapa com requisitos de cartografia. Com o apoio do Gabinete do Reitor conseguimos implementar o projeto que contou com a supervisão da Professora Ruth Emília Nogueira do Laboratório de Cartografia Tátil e Escolar (LABTATE). Trabalhamos juntos durante praticamente todo ano de 2009, onde ressalta a importante participação dos estagiários do Curso de Geografia Igor e Mateus, que percorreram vários setores em busca de materiais e informações para criação do mapa.
Ao final do ano de 2009 eis que conseguimos lançar o primeiro mapa cartográfico da UFSC, com escalas precisas, posicionamento correto dos pontos cardeais e principalmente com a atualização de todas as informações mais importantes do mapa. Como todo mapa este está em constante atualização e hoje conta com uma versão de bolso em formato de cartão de visitas, podendo até mesmo ser levado em uma pequena carteira de bolso.

Portfólio da Agecom
Em 2009 iniciamos a compilação de inúmeros trabalhos desenvolvidos pela Agência de Comunicação para produção do Portfólio da Agecom, onde foram apresentadas as seções da agência, sua equipe, seus objetivos, suas principais produções e seus prêmios alcançados até o momento. O material mostra a importância estratégica da agência e seu destaque na produção de materiais institucionais cruciais para divulgação da Universidade. Tiveram importante participação nos trabalhos do portfólio da Agecom as estagiárias do Curso de Design Gráfico da UFSC Katiuscia Furstenau e Maraysa Alves.

Trabalhos com os três novos campi
Com a posse do Reitor Alvaro Prata e seu Vice-Reitor Carlos Alberto Justo da Silva, numa das gestões onde a UFSC teve maior expansão, tivemos o desafio de apoiar várias atividades dos três novos campi em Araranguá, Curitibanos e Joinville, passando desde a assessoria a materiais de divulgação locais, até papelaria, sites e sinalização.

Campanha UFSC 50 Anos
Ainda na gestão de Alvaro Prata, em 2010, criamos em parceria com o Gabinete do Reitor, colegas da Agecom e o Departamento de Cultura e Eventos (Cleia Ramos, Soni, Paulo, Mariane Ventura, Luiz Roberto Barbosa e outros colegas) a Campanha UFSC 50 anos, onde foram produzidos inúmeros materiais. A campanha contou com a criação principal de um selo comemorativo usado em todas as mídias. Nas mídias externas a campanha foi divulgada em minidoors, outdoor, banners, convites, cartazes, sacolas, brindes, adesivos, aplicações nos portais de acesso ao Campus Florianópolis e até mesmo mosaicos. Muito provavelmente foi a campanha comemorativa mais importante e que teve mais visibilidade para a Universidade. Entre todos os materiais, talvez o mais significativo tenha sido o livro UFSC 50 Anos: Trajetórias e Desafios, escrito com a coordenação da jornalista da Agecom Alita Diana e da então diretora do Centro de Filosofias e Ciências Humanas (CFH), atual reitora, historiadora Roselane Neckel, e vários bolsistas do Curso de História da Universidade. Para registrar os cinquenta eventos que promovidos em 2010 nas comemorações dos 50 anos da UFSC, em 2011 foi lançada a Revista UFSC 50 Anos, onde assessoramos e apoiamos os trabalhos do Departamento de Cultura e Eventos que produziu a revista.

Relatório Social UFSC 2010
Em 2011 fomos convidados pelo Gabinete do Reitor e Departamento de Cultura e Eventos para trabalhar no Relatório Social da UFSC 2011. Com um projeto que perdurou praticamente doze meses e com o apoio do pessoal do DCEven (Cléia Ramos, Luiz Roberto Barbosa e Mariane Ventura) além da importante produção gráfica das estagiárias do Curso de Design Gráfico Karina Silveira e Maitê Nolasco. O produto final do projeto foi uma revista de 88 páginas mostrando inúmeros projetos que a Universidade desenvolveu nos últimos anos e que tenham um caráter social.


Campanha UFSC 2012
Ao final de 2011, planejando o próximo ano, propusemos para o Gabinete do Reitor uma campanha institucional para divulgação no decorrer de 2012. A campanha foi intitulada Campanha UFSC 2012 e foi divulgada em inúmeras mídias tais como outdoor, minidoor, portais de entrada do Campus Trindade, portal da UFSC na Internet, protetores e fundo de tela e para computadores, nos perfis das redes sociais da Universidade, em anúncios de jornais e revistas de circulação estadual, além de mais de cem banners que foram distribuídos em inúmeros departamentos dos quatro campi da instituição. A campanha tem como objetivo mostrar a UFSC como instituição irradiadora de conhecimento e comprometida com a sociedade, alinhada com várias áreas do conhecimento, assuntos e temas. Ainda em meio a divulgação da campanha, já obtivemos inúmeros retornos positivos de representantes dos campi, centros, departamentos, Gabinete do Reitor, além de alguns membros da comunidade do entorno da Universidade.

Considerações finais:
Com mais de sete anos de implantação do projeto do Sistema de Identidade Visual da UFSC tenho certeza que ainda há muito que fazer e evoluir com o tema dentro da instituição, mas também temos muita convicção quanto ao sucesso e inovação que o projeto trouxe para a Universidade como um todo. Fizemos e ainda estamos fazendo a diferença para UFSC e principalmente para o trabalho dos colegas e departamentos aos quais assessoramos. Sei que tomei para nossa equipe o desafio de fazer o que ainda não tinha sido feito na Universidade e também percebi, a duras penas, que alguns membros da comunidade universitária que trabalham com design foram nossos críticos desde a criação do projeto. Infelizmente embora sempre estivéssemos à disposição para contribuições pra melhoria dos trabalhos, nunca as tivemos e convivemos desde a criação do projeto com críticas muitas vezes não construtivas e principalmente públicas. Nada mais natural ao ofício de quem faz.
A maior comprovação do sucesso que obtivemos sempre foi os contatos que tivemos de muitas instituições públicas federais e estaduais que vieram até a Agecom conhecer nosso trabalho a fim de implantar projetos similares em suas Universidades. Por muitas vezes servimos de referência a instituições de outras cidades e estados do Brasil.
Aproveito para agradecer principalmente ao Reitor Lúcio José Bolelho, ao Vice-Reitor Ariovaldo Bolzan, ao Professor Aureo Moraes, aos Jornalistas e ex-diretores da Agecom Alita Diana e Moacir Loth pelo apoio a criação do SIV/UFSC.  Tenho imenso orgulho e satisfação de ter criado e implantado o projeto de identidade visual nesta instituição e principalmente de ter convivido com tantos excelentes profissionais.
Agradeço também a todos os colegas, servidores técnico-administrativos em educação, professores do Curso de Design e de outros cursos, além do especial agradecimento a todos os mais de vinte estagiários que apoiaram meu trabalho. Saibam que certamente aprendi muito mais com vocês do que vocês comigo.
Quanto ao futuro do Sistema de Identidade Visual da UFSC, tenho certeza de que com o embrião plantado e crescido certamente (e felizmente) teremos inúmeros outras inovações pela frente.
Viva o Design e viva a UFSC!
Vicenzo Berti
Vicenzo Berti
Agecom / UFSC
11 de junho de 2006.


Para visualizar os inúmeros trabalhos citados acima,
acesse o Portfólio da Agecom.

-----
Visite o site do Sistema de Identidade Visual da UFSC e da Agência de Comunicação da UFSC (Agecom).
www.identidade.ufsc.br / www.agecom.ufsc.br