1 de mai de 2014

A história da Capelinha do Menino Jesus de Praga de Araranguá, Santa Catarina

Oratorio_Menino_JesusPraga_Ararangua_FotoVicenzoBerti
Imagem captada em junho de 2013 da capela
Entre todos os familiares, meu pai, falecido em 2001, sempre foi um dos mais fiéis e participava muito das missas na Igreja Matriz de Araranguá, cidade onde morou praticamente toda sua vida. Conhecido como Dadinho, Everaldo Apolônio Remor Berti foi o criador da Capelinha do Menino Jesus de Praga.  Neste texto, faço questão de registrar esta história, pois tenho percebido nos últimos anos que, sobretudo por não haver publicação recente sobre o assunto, muito se tem conjecturado e inventado a este respeito.

No início da década de 1970, meus pais residiram em Curitiba, Paraná. Num certo dia adentraram em uma gruta presente na frente da Igreja de Bom Jesus, muito conhecida na cidade. Era uma gruta em homenagem ao Menino Jesus de Praga. Naquele dia fizeram uma promessa que viriam a cumprir ao retornar para Araranguá.


Já em 1975, construíram com recursos próprios um pequeno oratório, ou gruta, virado para oeste as margens da antiga estrada de chão que ligava Araranguá à localidade de Morro dos Conventos. Na pequena gruta cabia apenas a pequena estátua do Cristo menino. Com o tempo, percebeu-se a devoção da comunidade à figura do Menino Jesus, surgindo assim a necessidade de buscar melhorias para o santuário, já bastante procurado. 

Menino_JesusPraga_Ararangua_FotoVicenzoBerti
Imagem do Menino Jesus de Praga
Nenhum resquício da antiga e pequena gruta pode hoje ser percebido atrás da atual capela voltada para o leste, construída também por Dadinho em maio de 1980, com doações da comunidade e terreno doado por José Gennaro Salvador e Ana Ros Salvador, seus sogros.  Logo depois da construção da capela, Dadinho liderou uma campanha para a aquisição de bancos, altar, pintura, vidros e o muro do terreno. Em muito pouco tempo o Santuário do Menino Jesus de Praga ficou conhecido no Vale do Araranguá, em outras cidades e estados.

Hoje o Santuário do Menino Jesus é palco de muita devoção, comprovada na romaria que ocorre na Semana Santa com a participação de mais de 10 mil pessoas (dados de 2014), pelas inúmeras placas de graças alcançadas com relatos inclusive de pessoas de outros países. É inegável a presença da capelinha na vida religiosa cristã no Vale do Araranguá.

gracas_alcancadas_Menino_JesusPraga_Ararangua_FotoVicenzoBerti
Milhares de placas, cartas e fotografias são afixadas no local em agradecimento por graças alcançadas.

Hoje a capela é mantida pelos atuais proprietários do terreno onde está situada e do caldo de cana que é vizinho ao santuário. 



Sobre a história do culto ao Menino Jesus em Praga, na República Checa

imagem_menino_jesus
Estátua venerada em Praga

O Menino Jesus de Praga é famosa estátua de Jesus menino venerada na Igreja de Nossa Senhora Vitoriosa, em Praga, República Checa.

Acredita-se que a imagem tenha sido esculpida no século XVI na Espanha, em um mosteiro entre Córdoba e Sevilha, como uma cópia de outra estátua do local. Ali foi adquirida por Doña Isabela Manrique de Lara y Mendoza, que a deu como presente de casamento à sua filha Maria Manrique de Lara, quando esta desposou o nobre checo Vojtech de Pernstejn. Mais tarde a imagem foi transmitida à geração seguinte também como dote de casamento, quando sua filha Polyxena casou-se em primeiras núpcias com Vilem de Rozumberk. Permaneceu na posse de Polyxena até sua morte, quando foi doada aos Carmelitas Descalços de Praga, sendo instalada no oratório do seu mosteiro, onde recebia homenagens especiais duas vezes ao dia.

Com a eclosão da Guerra dos Trinta Anos as devoções foram suspensas, e em 15 de novembro de 1631 as tropas de Gustavo Adolfo da Suécia tomaram as igrejas da cidade. O mosteiro foi saqueado pelos soldados protestantes e a imagem do Menino Jesus foi lançada em um monte de entulho detrás do altar. Ali permaneceu até ser reencontrada em 1637, com os braços quebrados. Depois de seu restauro foi reentronizada e voltou a receber a devoção dos fiéis, sendo coroada pelo Bispo de Praga em 1655, evento que é relembrado anualmente por uma missa festiva no dia da Ascensão.



Curiosidade sobre a estatua do Menino Jesus de Araranguá

Em um episódio lamentável ocorrido em agosto de 1988 a imagem do Menino Jesus foi retirada e quebrada por vândalos, sendo localizada alguns dias depois nas furnas do Morro dos Conventos. Pela devoção já presente a época, a comunidade se uniu e ajudou a comprar outra imagem, que é a que está no local até hoje no oratório do Menino Jesus de Praga situado entre a área urbana de Araranguá e o distrito de Morro dos Conventos. 

Vicenzo Berti – vb@vicenzoberti.com.br